(45) 3029-1328

Sole Terapias e Pilates

MICROFISIOTERAPIA

 

É uma técnica de terapia manual que visa tratar a causa da doença e não apenas seu sintoma. Capaz de identificar tecidos que perderam sua função e vitalidade normal após eventos agressores ao organismo, promovendo a normalização e a regulação das regiões corporais afetadas.

Desenvolvida na França em 1983 pelos fisioterapeutas e osteopatas Daniel Grosjean e Patrice Benini,  a Microfisioterapia se baseia nos estudos da embriologia, filogênese e ontogênese. Com essas informações desenvolveram mapas corporais e gestos manuais específicos e suaves que permitem identificar marcas de eventos não eliminados pelo organismo, que dão as origens aos sintomas. A estimulação dessas zonas possibilita o início da autocorreção do organismo.

A técnica se baseia na descoberta de que todos os tecidos do corpo, do epitelial ao nervoso, guardam a memória dos traumas físicos, tóxicos, ambientais, químicos e psíquicos que sofreram em qualquer fase da vida, da vida fetal até hoje. A partir dessas inscrições no corpo, pode-se reencontrar e datar os acontecimentos que iniciaram o processo de desorganização do tecido ou do órgão, provocando o desenvolvimento de doenças. Esse diagnóstico é feito por meio de micropalpações no corpo, seguindo mapas desenvolvidos pelos criadores da técnica.

A Microfisioterapia é indicada para qualquer pessoa, independente da patologia ou idade. Possui caráter preventivo, curativo e complementar a outros tratamentos.

Indicações:

    • Traumas Emocionais (rejeições, abandono, separações, mortes, assaltos,);
    • Ansiedade, TDA, TDAH (Distúrbio de deficit de atenção e hiperatividade);
    • Doenças auto-imunes (Artrite Reumatóide, Lúpus Eritematoso);
    • Distúrbios Viscerais (gastrites, problemas intestinais, circulatórios, respiratórios);
    • Depressões, angústias, síndrome do pânico, medos;
    • Distúrbios do sono, alimentares e sexuais;
    • Fibromialgia, dores difusas pelo corpo;
    • Alterações menstruais;
    • Problemas respiratórios;
    • Distúrbios hormonais;
    • Distúrbios urinários;
    • Dores crônicas e traumáticas;
    • Enxaquecas;
    • Alergias;
    • Problemas escolares.

Dra. Luana Frasson

Foto-Flayer-1

Como a microfisioterapia pode me ajudar?

A microfisioterapia é fundada sobre um princípio natural: ajudar o corpo a eliminar todos os traumas passados ou presentes que guarda na memória celular e que o impedem o bom funcionamento. Diariamente, o nosso corpo luta contra agressões de todas as naturezas e diferentes intensidades. Geralmente, o nosso organismo autocorrige-se em silêncio sem que seja percebido. Contudo, se as infrações não forem identificadas, não reconhecidas ou muito fortes, o corpo não pode reagir de forma eficaz: a agressão deixa então uma espécie “cicatriz” nos tecidos, uma memória do acontecimento. Apesar deste vestígio, causar uma impressão de cura, o acúmulo destas memórias pode fazer com que uma dor apareça, uma doença se desenvolva, e que o corpo, se enfraqueça, sendo incapaz de lutar. Então, aparecem as dores e doenças crônicas. A microfisioterapia ajudará na eliminação natural destas memórias. Quando liberado o obstáculo, o corpo vai então poder reencontrar as capacidades que perdeu, mesmo após anos. Muitas doenças e dores se devem a pequenas disfunções que se acumulam durante a nossa existência e terminam por enfraquecer o organismo. Essas disfunções podem ter com causa uma frustração, perdas, sentimentos de abandono, traumas que ocorreram na gestação, intoxicações e até mesmo as memórias hereditárias. A microfisioterapia ajuda o corpo a eliminar estas “cicatrizes” e pode ajudar a melhorar muitos estados de saúde. A técnica auxilia o organismo a fazer sua reconstituição, eliminando os vestígios tanto emocionais como traumáticos.

Como funciona o tratamento?

Como todo tratamento, apenas após a avaliação do sintoma teremos um prognóstico. Normalmente, após uma sessão os resultados positivos são notados. A segunda sessão pode ser realizada dependendo de como se desenvolveu a primeira, se o terapeuta achar necessário ou se o paciente ainda apresentar queixas. Não existe um limite mínimo ou máximo, mas consideramos a média de 2 a 3 sessões. As sessões deverão ser espaçadas com intervalo mínimo de 30 dias.

Crianças podem fazer microfisioterapia?

As palpações específicas da técnica são utilizadas em crianças de qualquer idade, permitindo, depois de identificado a causa primária, equilibrar áreas que estão hiperestimuladas ou hipoestimuladas restabelecendo um melhor funcionamento. 

Depoimentos

Veja o que nossos alunos relatam de nossos serviços

black
black
black